Cadastre-se Grátis  |  Esqueci a senha
login:   senha:  


este usuário não existe mais

Porque os Pastores podem construir uma família e já os Padres não podem se os dois são lideres na presença de Deus?

Tenho reparado isto. Os pastores e os Padres são homens de Deus.
O pastor pode construir sua família e continuar com a obra de Deus já os Padre não pode construir uma família para ser Padre e continuar na obra de Deus?

Porque disso se ambos são homens de Deus?
Categoria: Doutrinas Cristãs  |  512 visualizações |  26 respostas  
Domingo, 15 de Julho de 2012 20:26  | Compartilhe esse link:

26 respostas para este tópico




filiperibeiro

Nível 6
1 Timóteo
3.1 Fiel é a palavra: se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja.
3.2 É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar;
3.3 não dado ao vinho, não violento, porém cordato, inimigo de contendas, não avarento;
3.4 e que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito
3.5 (pois, se alguém não sabe governar a própria casa, como cuidará da igreja de Deus?);

3.6 não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo.
3.7 Pelo contrário, é necessário que ele tenha bom testemunho dos de fora, a fim de não cair no opróbrio e no laço do diabo.

É errado alguém no episcopado não casar?
A resposta é não!
Paulo era celibatário, não casou!
Veja:
1 Coríntios
7.1 Quanto ao que me escrevestes, é bom que o homem não toque em mulher;
7.2 mas, por causa da impureza, cada um tenha a sua própria esposa, e cada uma, o seu próprio marido.
7.7 Quero que todos os homens sejam tais como também eu sou; no entanto, cada um tem de Deus o seu próprio dom; um, na verdade, de um modo; outro, de outro.
7.8 E aos solteiros e viúvos digo que lhes seria bom se permanecessem no estado em que também eu vivo.
7.9 Caso, porém, não se dominem, que se casem; porque é melhor casar do que viver abrasado.

Celibato como vimos acima é um dom!
Então depende do chamado de cada pessoa!
Não é regra, é pessoal, chamado de cada um!


Já ouvir falar q na igreja católica falam q Pedro foi como o primeiro papa, mas isso eu não ouvi da boca de um católico.
Mas se fosse considerar isso Pedro tinha sogra! Quem tem sogra é pq casa né!

Mateus
8.14 Tendo Jesus chegado à casa de Pedro, viu a sogra deste acamada e ardendo em febre.


Na história vai contar q os padres não casavam para não ter problemas com divisão dos bens em território da igreja em caso de divórcio pq o padre tomava conta do terreno etc. e etc. q é melhor pegar num livro de história pra entender melhor.

Graça e paz!
Quarta, 18 de Julho de 2012 09:34 
este usuário não existe mais respondeu:

ACHO QUEM PODE RESPONDER BEM ISSO SOMENTE QUEM É UM PASTOR E UM PADRE.

ACHISMO NUNCA FOI RESPOSTA VIU. MAS GOSSTEI DA SUA RESPOSTA VIU FILIPERIBEIRO OBRIGADA POR TER ME ESCLARECIDO ALGUNS PONTOS.
Quarta, 18 de Julho de 2012 22:47 


dannilostelio

Nível 4
PETRUSKO, vc disse “Pedro era a “rocha” que Cristo previu que seria (Mateus 16:18)“. O contexto dessa passagem bíblica não autoriza essa conclusão.

Se fosse assim, porque o próprio Pedro escreveria mais tarde que Cristo era a Rocha ?
1Pe 2:4 E, chegando-vos para ele, pedra viva, reprovada, na verdade, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa,
1Pe 2:5 Vós também, como pedras vivas, sois edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por Jesus Cristo.
1Pe 2:6 Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido.
1Pe 2:7 E assim para vós, os que credes, é preciosa, mas, para os rebeldes, A pedra que os edificadores reprovaram, Essa foi a principal da esquina,
1Pe 2:8 E uma pedra de tropeço e rocha de escândalo, para aqueles que tropeçam na palavra, sendo desobedientes; para o que também foram destinados.
Quinta, 19 de Julho de 2012 00:06 


pedropnew

Nível 4
Como Petruskoe o felipe falaram acima, em conformidade as Escrituras Sagradas, celibato é uma questão de chamado de Deus, dom.
Jesus tem uma obra específica na vida de cada um, existem homens e mulheres evangélicos que fazem esse voto com Deus, mediante ao seu chamado específico, independente de seu cargo ministerial.

A família bem estruturada é a base de uma sociedade sadia, não entendo porque a igreja católica impõe que todo homem e mulher de liderança tem que ser celibatário se o fato de ser casado e coabitar não se constitui pecado, segundo a bíblia. Se possível, gostaria que o Petrusko comentasse sobre isso.

Pergunto o seguinte:
É possível uma pessoa que não tem experiência nenhuma com relacionamentos aconselhar um casal que está passando por problemas conjugais?





Quinta, 19 de Julho de 2012 10:17 
dannilostelio respondeu:

Poder até pode, mas entendo que não será um conselho muito válido. Eu próprio aceitaria com muitas reservas um aconselhamento desse tipo.
Quinta, 19 de Julho de 2012 16:23 
pedropnew respondeu:

Eu não duvido que Deus fale através de padres e pastores, mas existem problemas que são muito específicos de casal e que necessitam ser vivenciadas para que se possa ter conhecimento.

Admito que fui um poco exagerado na abordagem! rsrsrsrs
Quinta, 19 de Julho de 2012 16:43 
filiperibeiro respondeu:

Tbm penso que um celibatário pode aconselhar sim um casal. As vezes até mais. Pq as vezes o tempo q vc perde resolvendo o problemas de sua casa o celibatário pode estar cuidando de vários casais com vários problemas diferentes!

Nem sempre vc só vai aprender com sua situação! E melhor q seja assim penso em certas situações!
Na bíblia vemos vários exemplos por exemplo de pessoas que sofrem uma consequência de um erro, e o bom é q vc aprenda com esse exemplo da bíblia em vez de aprender apanhando.

Eu mesmo já aprendi bastante de relacionamento vendo outros relacionamentos, aconselhando outros!


Penso q o celibato ajuda sim no ministério apesar de que o amor penso tbm q seja mais importante! Aliás, o celibato pode ser “resultado“ do amor!
Quinta, 19 de Julho de 2012 21:39 
filiperibeiro respondeu:

A sabedoria vem de Deus!

Como diz o irmão acima, Jesus era celibato e melhor ensino deu do que a qualquer um!

Mas fica em paz Pedro!
Estamos buscando nos aperfeiçoar!

=)
Quinta, 19 de Julho de 2012 21:41 


dannilostelio

Nível 4
Jesus não deu “conselhos“ para casais.

Ele deixou expressa a vontade divina para o casamento: união por toda a vida, indivisível, monogâmica, fundada no amor e na fidelidade. Jesus nos deixou os princípios divinos para o casamento.

Porém, o aconselhamento pastoral para a família deve ser feito, na minha opinião, por alguém que conheça as agruras e delícias de uma vida a dois.

Se estivermos doentes, podemos procurar o médico ou procurar o vizinho que é enfermeiro. O que será melhor ?

Se tivermos alguma questão judicial, podemos procurar um advogado ou consultar o primo que está cursando Direito. O que será melhor ?

Se queremos construir um prédio, podemos contratar um engenheiro ou chamar um pedreiro. O que será melhor ?
Sexta, 20 de Julho de 2012 00:16 


dannilostelio

Nível 4
Quanto à questão do celibato clerical, os textos pastorais de Paulo impõe o casamento como condição para assumir o ministério, isso tanto para o pastor, como para o diácono, o que nos permite inferir que isso é para todos os demais.

Desta forma, a pergunta inicial da GYSELE merece um reparo.

Comparar padre e pastor não faz sentido. Embora ambos se enquadrem na categoria geral de “sacerdotes religiosos“, as semelhanças terminam aí.

O padre vive para a Igreja, entendida como a instituição religiosa, com sede em Roma, e conduzida pela liderança do papa.

Já o pastor vive para o rebanho, independente de existir uma instituição eclesiástica.

O pastor pode até mesmo romper com a igreja-instituição a que esteja ligado, se ver que ela não está mais seguindo os ditames bíblicos.

Foi o que aconteceu no mês de junho de 1911, em Belém do Pará, quando os pastores americanos batistas Daniel Berg e Gunnar Vingren foram expulsos com mais 20 pessoas, pela razão de pregarem a doutrina bíblica do batismo com o Espírito Santo.

Se fossem padres, se retratariam ao papa e talvez fossem readmitidos.

Mas como eram pastores, presos à Palavra de Deus e ao pequeno rebanho que Deus lhes tinha confiado, aceitaram humildemente a exclusão e fundaram a Missão da Fé Apostólica, depois chamada de Assembléia de Deus, a maior igreja evangélica nacional, já centenária.
Sexta, 20 de Julho de 2012 00:28 


fernandotrovao

Nível 4
Olha , serei curto e objetivo . Celibato é para quem tem o chamado , é Dom de Deus ou como alguns chamam erroneamente Dom de Paulo . Catolicismo é uma distorção do cristianismo onde eles adoram imagens , mariazinhas . Enquanto está escrito “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
João 14:6“
Jesus é o caminho a verdade e a vida, não tem o que argumentar , os Padres não são homens de Deus , Eles são instrumento nas mãos de Satanás ,conhecem as escrituras , mas não orientam o povo para o verdadeiro caminho , a verdadeira verdade.
Sexta, 20 de Julho de 2012 09:05 


evertonchemp

Nível 7
O porque os padres não podem ter família, eu prefiro não responder... Mas os pastores podem com certeza!!! A família é plano de Deus para o ser humano!!! Quando Deus criou o mundo, a primeira instituição ou grupo societário que existiu e que foi criado pelo próprio Deus, foi a família!!!! E como um pastor é um servo de Deus, então porque ele estaria fora do plano familiar de Deus? Bíblicamente falando, um líder espirítual não apenas pode, como deve ter família; leia 1timóteo3.2!!!!!
Sexta, 20 de Julho de 2012 14:15 


dannilostelio

Nível 4
A primeira igreja de qualquer pastor é sua família.
Sexta, 20 de Julho de 2012 15:35 


rasabino

Nível 2
Qual resposta lhe agrada?

Tem a de Paulo a Timóteo na sua 1 carta:
I Timóteo 3:2
2 - Convém, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma mulher, vigilante, sóbrio, honesto, hospitaleiro, apto para ensinar...

E tem a minha: Que é a única maneira do Vaticano controlar o dinhero que se arrecada! Pois se o Padre se casar, vai ter que sunstentar, deixar herança para os filhos e ajudar os filhos nas suas necessidade particulares, e se a esposa achar que ele não lhe serve mais, vai arrumar um “pastor“ para se casar novamente, e o Padre ainda vai ter que pagar pensão! O Vaticano vai ficar no prejuízo! Pode?
Sexta, 20 de Julho de 2012 18:52 


rasabino

Nível 2
Sem falar nas ínúmeras pensão por morte do sacerdote a todas as famílias que estiverem vivas. O Vaticano quebraria, assim como o INSS está quebrado!

Resumindo: Uma questão de contabilidade financeira!
Sexta, 20 de Julho de 2012 18:56 


celinoamigo

Nível 1
ola, a paz esteja convosco. como está no meu perfil, sou seminarista católico e se Deus quiser serei padre no ano que vem, estou terminando o oitavo ano de estudos. Estou morando interno no seminário de mariana mg onde estou estudando teologia. Esse tema em questão: por que os padres não se da em matrimonio. há base na bíblia para as duas visões, como já foi citado a cima. No meu caso, desde quando tinha 7 anos de idade que sinto esse desejo de ser padre,e hoje tenho 33 anos, já tendo bastante experiencia de vida. E quero ser celibatário para ficar focado no evangelho, como minha unica missão. o celibato é possível, sou testemunha disso pois o vivo com a ajuda da graça de Deus.
Quarta, 15 de Agosto de 2012 21:14 


Conteúdo liberado apenas para usuários cadastrados no site

  Faça Login   ou   Cadastre-se Grátis  









Gospel 10 na Internet
Crie um tópico no Fórum

Newsletter
Receba as novidades do Gospel 10 periodicamente, diretamente em seu e-mail.

E-mail:


Atenção: Os conteúdos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
A maioria são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site

Gospel10.com › Portal Evangélico Ajuda |  Política de privacidade |  Termos de uso |  Quem somos |  Fale conosco
 Gospel 10 › 2008-2014. v4. Todos os direitos reservados