Cadastre-se Grátis  |  Esqueci a senha
login:   senha:  


ricgabriel

Nível 51

Por que dizem uns que Cristo foi ao inferno?

Diz o Salmo 16 profeticamente acerca de Cristo: Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim; por isso que ele está à minha mão direita, nunca vacilarei.
Portanto está alegre o meu coração e se regozija a minha glória; também a minha carne repousará segura.
Pois não deixarás a minha alma no inferno, nem permitirás que o teu Santo veja corrupção.
Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente (v. 8-11).

A heresia do JME (que blasfema: Jesus Morreu Espiritualmente) tem atribuído a Cristo alguma ideia antibíblica? O sacrifício na cruz não foi suficiente para salvar-nos dos nossos pecados e satisfazer a justiça de Deus? Que teria Jesus de fazer no inferno, visto que o diabo ainda não estava lá?

Onde foi que Cristo pregou aos espíritos em prisão, senão na terra?
Categoria: Bíblia  |  720 visualizações |  25 respostas  
Sábado, 21 de Setembro de 2013 10:13  | Compartilhe esse link:

25 respostas para este tópico




filiperibeiro

Nível 6
Ora,
eu não conheço essa doutrina JME então não vou falar dela.

Mas quanto a pergunta tem vários e vários textos que leva a essa conclusão, inclusive Esse Salmo sendo falado por Pedro em (Atos 2:25-31), que fala que realmente Cristo não foi deixado, abandonado, no sepulcro(cuja a palavra no grego é hades).
Entre os textos do pq dizem que Cristo foi ao inferno, vou deixar estes:

Mateus
12.40 Porque assim como esteve Jonas três dias e três noites no ventre do grande peixe, assim o Filho do Homem estará três dias e três noites no coração da terra.

Efésios
4.8 Por isso, diz: Quando ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro e concedeu dons aos homens.
4.9 Ora, que quer dizer subiu, senão que também havia descido até às regiões inferiores da terra?
4.10 Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para encher todas as coisas.

Quanto ao que Jesus teria de fazer no inferno a resposta é derrotar aquele que tinha o poder da morte, a saber, o diabo.

Hebreus
2.14 Visto, pois, que os filhos têm participação comum de carne e sangue, destes também ele, igualmente, participou, para que, por sua morte, destruísse aquele que tem o poder da morte, a saber, o diabo,
2.15 e livrasse todos que, pelo pavor da morte, estavam sujeitos à escravidão por toda a vida.

Para esse assunto é importante ver as profecias do Velho Testamento quanto a esse assunto. Entender o que é o inferno, o que é a morte, o que é o lago de fogo, hades, sheol, abismo e profundesas e seus contextos, etc. Esse assunto rende um bom e longo estudo, mas creio que com esses textos já da pra ter uma base pra pergunta.

Graça e paz!
Segunda, 23 de Setembro de 2013 03:03 
ricgabriel respondeu:

A JME é pregada em ministérios neopentecostais e cantada em músicas do DT.

Mt 12.40 fala do coração da terra e Ef 4:9 diz: às regiões inferiores, à terra; não fala que se trata do Hades. Quanto à derrota do diabo, veja o que há em Cl 2:14-15: Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.
Não fala que Cristo triunfou sobre os principados e potestades no inferno, mas sim na cruz.

A JME não é prima da ideia do limbo ou purgatório?
Segunda, 23 de Setembro de 2013 12:18 
filiperibeiro respondeu:

Olha,
o DT é um ministério da Lagoinha e eu congrego lá. Lagoinha é uma congregação grande que contem várias redes dentro dela, e lá no tempo que estou e na rede que estou não ouvir falar dessa doutrina. A única coisa que ouvir sobre morte espiritual lá é que o homem morreu espiritualmente quando pecou no Éden. O DT tbm tem muitas músicas e eu não conheço todas, mas as que conheço não ouvi levar a essa doutrina tbm não. Então nem vou estender assunto.

Quanto aos textos como disse é importante saber o que significa coração da terra e regiões inferiores da terra. Eu creio que fala do inferno sim. Quando Jesus tomou as chaves da morte e do inferno.

Quanto a vitória de Jesus na cruz, creio que Jesus venceu o diabo na cruz sim. Mas a própria cruz tem uma mensagem forte que vai além de uma “simples morte“ naquele local e momento. Pois o Cordeiro de Deus foi morto desde a fundação do mundo como diz em (Apocalipse 13:8).

Eu penso que tem uma dificuldade em entendermos tempo pq somos limitado a este.
Mas o próprio tempo na física é uma das 4 dimensões que conseguimos “perceber“ digamos assim. As 4 dimensões que são altura, largura, comprimento e tempo(as 3 primeiras de espaço e a última uma dimensão temporal, mas que está ligada tbm as 3). Mas a própria física adimite que existem mais dimensões, e estas não percebemos. Quando entramos no termo singularidade que por exemplo está presente no buraco negro ali existe uma distorção de tempo. E vai ter gente q acredita q antes do universo era só um contexto de singularidade. Ou seja onde mais ou menos não há um tempo, mas apenas o eterno. Difíiiiícil entender pra gente que é homem limitado. É como falar que existe outra cor mas como vc nunca viu vc não consegue nem imaginar.
Mas saindo da esfera ciência, sabemos que Deus criou todas as coisas, e Ele não está limitado ao tempo entre outras coisas que estamos limitados. Por isso pra gente é difícil entender algumas coisas, mas Ele nos mostra através de algumas ilustrações.

Graça e paz!
Segunda, 23 de Setembro de 2013 17:41 


jolsemir

Nível 1
Por que dizem uns que Cristo foi ao inferno?

Algumas pessoas vão dizer que nunca ouviram falar disso, mas acredito que não é verdade.
As TJ vinham falando isso pelas ruas e falaram também aqui no fórum, e muitos vão ter vergonha de admitir. Como pode uma seita ajudar outras pessoas a entender a Bíblia? É uma resposta que é melhor ser acobertada.
Posso dar um exemplo sobre mudança de opinião aqui mesmo:

O Evangélico William Bordin disse:

** “O Senhor Jesus, de quando disse a parábola do rico e de Lázaro; contou que quando o rico estava no inferno, em tormentos, rogou a Abraão que avisasse os seus para que não viessem à parar no inferno. Isso mostra que aqueles que lá estão tem consciência de porque estão lá.”

Depois disso uma TJ postou textos explicando esta passagem que foi muito lida no fórum.
Estranhamente o religioso citado muda de opinião:

** “Esta passagem, bem como a do Rico e Lázaro são de variadas interpretações por abordarem uma espécie de salvação antes da volta do Senhor. Na primeira citada, o Senhor Jesus fala só paraíso; na segunda, o Senhor Jesus fala sobre o Seio de Abraão. Para alguns, esta se refere literalmente a salvação (embora o Rico e o Lázaro seja uma parábola) e para outros; não refere-se a salvação imediata, mas sim à uma figura de linguagem para a redenção eterna destes naquele Dia.”

Imediatamente ele passa a concordar com a linha de interpretação que “na verdade te digo, hoje estarás comigo não paraíso”; não pode ser verdadeiro, ou seja, interpretado conforme a tradição, pois Jesus não foi para o paraíso naquele dia, ele subiu depois de 40 dias!

Foi o que eu disse acima, igreja que consideram como seita passa a mensagem, mas como estão em lugar de “seitas”, o assunto é abafado!

Se vamos aceitar uma reforma de crenças, como salientou o pregador Filipe Ribeiro, do tipo, precisar “entender o que é o inferno, o que é a morte, o que é o lago de fogo, hades, sheol, abismo e profundezas e seus contextos, etc.” E completa: “Esse assunto rende um bom e longo estudo.”

São séculos de reforma do ensino evangélico, e de súbito uma seita (que consideram) como as TJ deixam seus testemunhos e todos passam discretamente a “estudar”, e pior, passam a dizer “nunca ouvimos falar disso!” Como eu testemunhei, é mentira!

Devemos saber se o Deus desta religião vai aceitar mais “reformas” – talvez por mais um século – baseadas no conceito de suas testemunhas ou vai querer hoje a conversão destas pessoas. Este é o assunto difícil que evangélicos e católicos devem refletir. E tem mais, o tempo é muito curto, e certamente esse Deus da Bíblia não vai ficar esperando...

Obrigado a todos!
Segunda, 23 de Setembro de 2013 11:49 
este usuário não existe mais respondeu:

Segunda, 23 de Setembro de 2013 13:56 
este usuário não existe mais respondeu:

Terça, 24 de Setembro de 2013 15:51 
xsara33 respondeu:

Bom dia! O tempo é muito curto mesmo, até pra definir alguém e chamá-lo de religioso! Há coisa melhores e mais importantes pra se fazer não acha? Que tal parar de falar e praticar? Já é um bom começo pra quem já estudou o suficiente pra achar que sua visão é a única que detém a verdade... Já se entupiu de palavra, e os frutos continuam sendo zero. UM BRINDE ÁQUELES QUE SUSTENTAM UMA SETA VIRADA PRA BAIXO!
Quinta, 26 de Setembro de 2013 11:20 


fernando2

Nível 24
Como diz o ditado: Quem tem boca, fala o que quer. . .
Terça, 24 de Setembro de 2013 14:34 


filiperibeiro

Nível 6
Nó q paia,

O Willian Bordin não ta mais no site.
O cara é muito benção! O cara é uma benção na vida dos irmãos.
É uma pena.
Terça, 24 de Setembro de 2013 23:05 
necessitada respondeu:

Realmente é uma pena!

Ele sempre respondia dentro da bíblia!
Quarta, 25 de Setembro de 2013 10:06 


evertonchemp

Nível 7
Ouvi dizer que Durante o período que Jesus esteve morto, Ele foi ao inferno para anunciar que Ele é o Messias prometido, e libertar os tementes a Deus da prisão da morte, já que antes de seu sacrifício não havia salvação...
Bem, foi o que eu ouvi falar...
Quarta, 25 de Setembro de 2013 12:53 
ricgabriel respondeu:

E onde está isso nas Escrituras?
Quinta, 26 de Setembro de 2013 08:05 
evertonchemp respondeu:

Ola Ric!!!
Não é bíblico, só disse que ouvi dizer...
Quinta, 26 de Setembro de 2013 11:56 
arcolinofsneto respondeu:

A referência bíblica sobre a possibilidade de que Cristo foi ao inferno está em Apocalípse;Cap.1:18 que diz:E o que vivo e fui morto,mais eis aqui estou vivo para todo sempre.Amém.E tenho as chaves da morte e do inferno.Nisso que diz o Senhor que tem as chaves da morte e do inferno revela sua ida e tomado posse visto que ter é ou receber de alguém liberalmente algo ou tomá-lo de alguém algo que não se tinha.Outra referência da sua passagem nesse sinistro lugar está em 1 Pedro 3:19,20 que diz:No qual também foi,e pregou aos espíritos em prisão;Os quais noutro tempo foram rebeldes,quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé,enquanto se preparava a arca;na qual poucos(isto é,oito)almas se salvaram pele água;não tenho dúvida nenhuma com essas passagens de que o Senhor foi no inferno principalmente não como Senhor mais seguindo suas prescrições dos que devem ali serem destinados que são na sua ordem primeiramente os anjos rebeldes e todos os filhos da desobediência se submetendo dessa forma ao madeiro da cruz se fazendo maldito a si mesmo conforme as suas palavras;Maldito é aquele que for pendurado no madeiro,e nessas maldições levou sobre si mesmo as nossas maldições tendo assim plena legalidade prescricional para aquele lugar mais o mesmo encerrado em seu próprio Ser não havia pecado nenhum ainda que se fez maldito o que valeu foi a sua intenção amorosa de abolição dos condenados daquele lugar de tormentas portanto dentro desse paradoxo de legitimidade pode ali tomar a posse das chaves da:morte e do inferno,podendo com toda razão e autoridade legitimada que as portas do inferno não prevaleceria sobre a sua igreja visto que o mesmo está com as chaves da morte e do inferno as chaves representa o poder e autoridade sobre glórias a Deus por tudo que o nosso Senhor tem feito por todos nós de tal forma que se contarem não se acreditaria conforme suas profecias.
Quinta, 26 de Setembro de 2013 12:07 
evertonchemp respondeu:

Ola irmão arcolinofsneto!!
A história que eu ouvi é mais ou menos essa mesmo que você disse...
Eu ainda tenho minhas dúvidas...
Sei lá, é muita explicação pra pouco versículo...
Sexta, 27 de Setembro de 2013 18:55 


xsara33

Nível 5
Sobre a pergunta do tópico, resumindo : JESUS NÃO FOI AO INFERNO! E não posso deixar de dizer que: NUNCA OUVI ALGUÉM DIZER QUE JESUS TENHA IDO LÁ !
Quinta, 26 de Setembro de 2013 11:22 


raquelfragoso

Nível 42
Jesus foi ao inferno, pregou a todos os que estavam lá cativos desde a fundação do mundo, ali ele tirou a chave do inferno das mãos do diabo, e pregando aos cativos, todos quiseram a salvação, ali diante da multidão, ele humilhou Satanás e o expos ao vituperio, a vergonha publicamente, o inferno então foi fechado, tudo isso está sim a bíblia.

“No qual também foi, e pregou aos espíritos em prisão;
Os quais noutro tempo foram rebeldes, quando a longanimidade de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é, oito) almas se salvaram pela água;“
I Pedro 3:19-20

“E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno.“
Apocalipse 1:18

Ele desceu ao inferno e levou consigo os presos ali

“Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.
Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.
Ora, isto ele subiu que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?
Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.“
Efésios 4:7-10

Depois de morrer na cruz pela humanidade, no primeiro dia ele vai ao paraíso, como prometeu ao ladrão Hoje mesmo estarás comigo no paraíso, no segundo dia desceu ao inferno, e tirou todo o poder de Satanás, e a própria chave do inferno, e ali pregou aos cativos desde o ínicio do mundo, todos q estavam no inferno quiseram a salvação, lógico receberam a salvação do Messias, que humilhou Satanás diante de todos

“Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio de nós, cravando-a na cruz.
E, despojando os principados e potestades, os expôs publicamente e deles triunfou em si mesmo.“
Colossenses 2:14-15
Sábado, 28 de Setembro de 2013 02:46 
xsara33 respondeu:

Raquel Fragoso: Que a paz esteja com você! Jesus nunca desceu ao inferno...(isso é uma metáfora), é algo simbólico, fazendo o homem entender que; Jesus foi até onde ninguém poderia ir e tornou vitorioso, ou seja, foi à cruz e morreu da pior maneira possível, e quando o diabo pensou ter vencido, Jesus ressuscitou dentre os mortos, portando consigo a “chave“, que significa, aquilo que é necessário para abrir uma porta, e essa porta é a do céu... Jesus tornou possível, assim como Ele, o homem temente à Deus, mesmo morrendo fisicamente, retornar à vida; mas não essa terrena, mas uma vida eterna na presença de Deus...
Tanto que o significado disso encontramos também na bíblia quando diz: “Tragada foi a morte na vitória“(1cor15.54)...Ou seja, a morte finalmente foi vencida e derrotada, já que antes do sacrifício de Cristo o homem só tinha um destino após sua vida curta e passageira aqui, a morte, a inexistência total...Agora o homem pode também vencer a morte; ele apenas passa da matéria ao espirito ( do físico limitado, ao espiritual, ao céu com Cristo...)!
Sábado, 28 de Setembro de 2013 16:42 
ricgabriel respondeu:

Outra coisa, essa doutrina admite a salvação para quem foi lançado no inferno, o que contradiz Apocalipse 20:13-15.
Sábado, 28 de Setembro de 2013 16:45 
raquelfragoso respondeu:

xsara o homem ainda não venceu amorte, tanto que ele ainda morre, se vc avaliarao contexto deste versiculo vc verá que só depois da ressurreição, depois do arrebatamento poderemos dizer, tragada foi a morte pela vida, hj ainda que falemos isso nao é uma realidade, pois ainda morremos.

ricgabriel a sua colocação esta errada, antes de Jesus vir ao mundo, os homens pecadores, morreram e foram lançados ao inferno, porém Deus é justo e dá a todos a mesma chance de redenção, pq nós hj pecadores gentios teríamos a remissão pq tivemos acesso a Deus e todos os milhares que nasceram desde a fundação do mundo, até antes da morte de Jesus, nao teriam o mesmo privilegio nosso, por isso JEsus desceu ao inferno e a bíblia é clara, que ele pregou aos espíritos em prisão, leiam este verísiculo ele é muito claro, antes de Cristo subir, ele desceu ás partes mais baixas da terra, isso é claro, não dá para colocar como metáfora onde varios versículos comprovam a mesma coisa:

“Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.
Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.
Ora, isto ele subiu que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?
Aquele que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.“
Efésios 4:7-10
Segunda, 30 de Setembro de 2013 01:05 
tompsonvieira respondeu:






Raquelfragoso,


Como vai. Espero que bem. Recentemente esta pergunta foi feita a revista oficial das Testemunhas de Jeová. Não sou Testemunha de Jeová mas meus pais são. E eu ultimamente estou estudando a Bíblia mais afundo e gosto de ler e escutar diversa opiniões sobre o mesmo assunto e como cada religião explica.

w13 15/6 pp. 22-23 - A Sentinela — 2013
Perguntas dos Leitores
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2013447?q=esp%C3%ADritos+em+pris%C3%A3o&p=sen

A Bíblia diz que Jesus “pregou aos espíritos em prisão”. (1 Ped. 3:19) O que significa isso?

ESTA FOI A RESPOSTA DELES:

Segundo o apóstolo Pedro, esses espíritos eram os que “outrora tinham sido desobedientes, quando a paciência de Deus esperava nos dias de Noé”. (1 Ped. 3:20)

Fica claro que Pedro se referia às criaturas espirituais que decidiram juntar-se à rebelião de Satanás.

Judas menciona os anjos que “não conservaram a sua posição original, mas abandonaram a sua própria moradia correta”, quando diz que Deus os “reservou com laços sempiternos, em profunda escuridão, para o julgamento do grande dia”. — Judas 6.

De que maneira criaturas espirituais foram desobedientes nos dias de Noé?

Antes do Dilúvio, essas criaturas espirituais perversas se materializaram em forma humana — algo que não fazia parte do propósito de Deus para elas. (Gên. 6:2, 4)

Além disso, esses anjos que tinham relações sexuais com mulheres praticavam algo pervertido.

Deus não criou criaturas espirituais para ter relações sexuais. (Gên. 5:2)

Esses anjos maus e desobedientes serão destruídos no tempo marcado por Deus.

Por enquanto, conforme Judas diz, eles estão numa condição de “profunda escuridão” — uma prisão espiritual, por assim dizer.

Quando e como Jesus pregou a esses “espíritos em prisão”?

Pedro escreveu que isso aconteceu depois que Jesus foi “vivificado no espírito”. (1 Ped. 3:18, 19)

Note, também, que Pedro diz que Jesus “pregou”.

O fato de Pedro ter usado o tempo verbal no passado sugere que essa pregação ocorreu antes de Pedro ter escrito sua primeira carta.

Parece então que, em algum tempo depois de sua ressurreição, Jesus fez uma proclamação aos espíritos perversos sobre a punição totalmente justa que eles receberiam.

Essa pregação não lhes oferecia nenhuma esperança. Era uma pregação de condenação. (Jonas 1:1, 2)

Depois que demonstrou sua fé e lealdade até a morte e foi ressuscitado — provando que o Diabo não tinha realmente nenhum poder sobre ele —, Jesus tinha base para fazer essa proclamação condenatória. — João 14:30; 16:8-11.

No futuro, Jesus amarrará Satanás e esses anjos e os lançará no abismo. (Luc. 8:30, 31; Rev. 20:1-3) Até lá, esses espíritos desobedientes estarão numa condição de profunda escuridão espiritual, e sua destruição final é certa. — Rev. 20:7-10.

OBS: Em 1 Pedro 3:19, 20 a palavra grega para “espíritos” é pneú·ma·sin, ao passo que a palavra traduzida por “almas” é psy·khaí.

Os “espíritos” não eram almas desencarnadas, mas eram anjos desobedientes; as “almas” mencionadas aqui eram pessoas viventes, humanos, a saber, Noé e sua família.

O que foi pregado aos “espíritos em prisão” deve, portanto, ter sido uma mensagem de julgamento.
Segunda, 30 de Setembro de 2013 09:32 


tompsonvieira

Nível 5





Ricgabriel,


A palavra “inferno” se encontra em muitas traduções da Bíblia. Nos mesmos versículos, outras traduções rezam “a sepultura”, “o mundo dos mortos”, e assim por diante. Outras versões da Bíblia simplesmente transliteram as palavras da língua original, que são às vezes traduzidas por “inferno”; isto é, expressam-nas com letras do nosso alfabeto, mas deixam as palavras sem tradução.

A palavra hebraica she’óhl e seu equivalente em grego haí·des não se referem a um lugar individual de sepultamento, mas à sepultura comum da humanidade morta; também a palavra grega gé·en·na, que é usada como símbolo da destruição eterna. Entretanto, tanto na cristandade como em muitas religiões não-cristãs, ensina-se que o inferno é um lugar habitado por demônios e onde os maus, após a morte, são castigados (e alguns acreditam que sejam com tormentos).

É devido este texto.

Atos 2:25-27, PIB: “Davi . . . diz a seu respeito [de Jesus Cristo]: . . . porque não abandonarás a minha alma no inferno, nem deixarás que o teu Santo experimente a decomposição.”

(“Inferno”, ABV, “morte”, ALA; “mundo dos mortos”, NTI; “região dos mortos”, BV; “Hades”, Al, BJ, VB, NM.)

Não indica o fato de Deus não ‘abandonar’ Jesus no inferno que Jesus esteve no inferno, ou Hades, por pelo menos algum tempo?

SAIBA MAIS
O que Jesus ensinou sobre o inferno?
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2008802?q=inferno&p=sen

O que é mesmo o inferno?
http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/2002521?q=inferno&p=sen
Domingo, 29 de Setembro de 2013 13:55 
raquelfragoso respondeu:

Tompson Vieira primeiro pare de falar que vc não é tj, para apresentar os ensinos tjs, mentir não é de Deus, segundo mais uma vez está errada a interpretação dos tjs dizendo que os espíritos em prisão se tratam de “demonioS “ que acabaram sendo sentenciados, pois se vc ler toda a aobordagem sobre o assunto esta escrito que Cristo pregou e levou cativo o cativeiro, ou seja ele levou consigo, subiu aos céus, com aquela população cativa, ou seja ele libertou do dominio do inferno, a não ser que os tjs acreditem que Jesus salvou demonios??? leia a bíblia por favor, não pegue material pronto destas revistinhas, pois eles vão envergonhar vc...
Quarta, 02 de Outubro de 2013 00:29 


tompsonvieira

Nível 5





Raquel,


Vc esta sendo ofensiva em dizer que eu estou mentindo.

Êxodo 20:16
16 “Não deves testificar uma falsidade contra o teu próximo.*+

Vc mim conhece?

Vc sabe mais da minha vida do que eu?

Acredito que não.

Vc deveria saber que um verdadeiro cristão não deve difamar os outros ou o caluniar. Leia João 8:44.

Colossenses 3:9
9 Não estejais mentindo uns aos outros.+ Desnudai-vos da velha personalidade*+ com as suas práticas

Provérbios 6:16-19
16 Há seis coisas que Jeová deveras odeia;+ sim, há sete coisas detestáveis para a sua alma:+ 17 olhos altaneiros,+ língua falsa+ e mãos que derramam sangue inocente,+ 18 o coração que projeta ardis prejudiciais,+ pés que se apressam a correr para a maldade,+ 19 a testemunha falsa que profere mentiras+ e todo aquele que cria contendas entre irmãos.+

Não há motivo para eu mentir.

Pra mim seria uma honra ser uma Testemunha de Jeová.

E meu objetivo é este.

Conheço muito bem as crenças delas.

Meu pai era ateu e hoje ele é um Testemunha de Jeová.

Ele serve a Jeová Deus a muitos nos.

Quando nasce ele já erra uma Testemunha de Jeová.

Talvez vc não saiba, mas para uma pessoa se tornar uma Testemunha de Jeová não é só dizer que quer ser e pronto.

Não é assim.

A pessoa tem de fazer mudanças em sua vida.

1 Coríntios 5:9-13
9 Eu vos escrevi na minha carta que cesseis de manter convivência com fornicadores, 10 não [querendo dizer] inteiramente com os fornicadores+ deste mundo,+ ou [com] os gananciosos e os extorsores, ou [com] os idólatras. Senão teríeis realmente de sair do mundo.+ 11 Mas, eu vos escrevo agora para que cesseis de ter convivência+ com* qualquer que se chame irmão, que for fornicador, ou ganancioso,+ ou idólatra, ou injuriador, ou beberrão,+ ou extorsor, nem sequer comendo com tal homem. 12 Pois, o que tenho eu que ver com o julgamento dos de fora?+ Não julgais vós os de dentro,+ 13 ao passo que Deus julga os de fora?+ “Removei o [homem] iníquo de entre vós.”+

1 Coríntios 6:9, 10
9 O quê! Não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus?+ Não sejais desencaminhados. Nem fornicadores,+ nem idólatras,+ nem adúlteros,*+ nem homens mantidos para propósitos desnaturais,+ nem homens que se deitam com homens,*+ 10 nem ladrões, nem gananciosos,+ nem beberrões,+ nem injuriadores, nem extorsores herdarão o reino de Deus.+

Por exemplo se ele é um ladrão tem de deixar de ser.

Se ele é um adultero, tem de deixar de ser.

Se ele agride ou espanca a esposa ou filhos não pode ser uma Testemunha de Jeová e ainda assim praticar tais coisas.

Se ele ou ela fuma não pode ser, até largar este vicio.

Se ele ou ela não vive como os princípios bíblicos ensina não pode ser batizada.

O livro delas O Que a Bíblia Realmente Ensina?, no Capítulo Dezoito, sobre o tema.O batismo e a relação da pessoa com Deus.

Diz:

6 Naturalmente, você não precisa saber tudo da Bíblia para habilitar-se ao batismo. O funcionário da corte etíope tinha algum conhecimento, mas precisava de ajuda para entender certas partes das Escrituras. (Atos 8:30, 31) Da mesma forma, você ainda tem muito que aprender. Na realidade, nunca vai parar de aprender sobre Deus. (Eclesiastes 3:11) Antes de ser batizado, porém, é preciso conhecer e aceitar pelo menos os ensinos básicos da Bíblia. (Hebreus 5:12) Tais ensinos incluem a verdade sobre a condição dos mortos e a importância do nome de Deus e de seu Reino.

7 Apenas ter conhecimento não basta, pois ‘sem fé é impossível agradar bem a Deus’. (Hebreus 11:6) Segundo a Bíblia, quando certas pessoas ouviram a mensagem cristã na antiga cidade de Corinto, elas ‘creram e foram batizadas’. (Atos 18:8) Do mesmo modo, pelo estudo da Bíblia você passa a ter fé que ela é a inspirada Palavra de Deus. O estudo bíblico deve ajudá-lo a ter fé nas promessas de Deus e no poder de salvação do sacrifício de Jesus. — Josué 23:14; Atos 4:12; 2 Timóteo 3:16, 17.

ARREPENDIMENTO E CONVERSÃO
12 Mais alguns passos são necessários para você se habilitar ao batismo. O apóstolo Pedro disse: “Arrependei-vos . . . e dai meia-volta, a fim de que os vossos pecados sejam apagados.” (Atos 3:19) Arrepender-se significa lamentar sinceramente algo que se tenha feito. O arrependimento é com certeza apropriado caso a pessoa tenha levado uma vida imoral, mas também é necessário mesmo que tenha levado uma vida relativamente limpa em sentido moral. Por quê? Porque todos os humanos são pecadores e precisam do perdão de Deus. (Romanos 3:23; 5:12) Antes de estudar a Bíblia, você não conhecia a vontade de Deus. Nesse caso, como poderia ter vivido em plena harmonia com a Sua vontade? Portanto, o arrependimento é necessário.

13 O arrependimento precisa vir acompanhado da conversão, ou seja, ‘dar meia volta’. É preciso mais do que apenas lamentar o que fez. É preciso rejeitar o modo de vida anterior e estar firmemente decidido a fazer daí em diante o que é certo. O arrependimento e a conversão são passos que a pessoa tem de dar antes de ser batizada.

Vc deveria saber que um verdadeiro cristão não deve difamar os outros ou o caluniar.

Revelação -Apocalipse- 21:8
8 Mas, quanto aos covardes, e aos que não têm fé,+ e aos que são repugnantes na sua sujeira,+ e aos assassinos,+ e aos fornicadores,+ e aos que praticam o espiritismo,* e aos idólatras,+ e a todos os mentirosos,+ terão o seu quinhão no lago que queima com fogo+ e enxofre.+ Este significa* a segunda morte.”+

=======================================================================

Sobre os espíritos em prisão, quem sabe mais sobre este assunto eu?

vc ?

ou qualquer outro humano?

Ou os escritores bíblicos que escreverão sobre inspiração dada por Jeová Deus sobre este assunto? Vejam o que eles dizem:

1 Pedro 3:19, 20 “Neste estado [em espírito, após a sua ressurreição], também, ele [Jesus] foi e pregou aos espíritos em prisão, os quais outrora tinham sido desobedientes, quando a paciência de Deus esperava nos dias de Noé, enquanto se construía a arca, na qual poucas pessoas, isto é, oito almas [“almas”, Al, IBB; “pessoas”, PIB, So], foram levadas a salvo através da água.”

Eram esses “espíritos em prisão” as almas dos humanos que haviam recusado atender à pregação de Noé antes do Dilúvio e estava então aberto o caminho para eles irem para o céu?

Uma comparação de:

2 Pedro 2:4
4 Certamente, se Deus não se refreou de punir os anjos+ que pecaram, mas, lançando-os no Tártaro,*+ entregou-os a covas de profunda escuridão, reservando-os para o julgamento;+

E DE

Judas 6
6 E os anjos que não conservaram a sua posição original, mas abandonaram a sua própria moradia+ correta, ele reservou com laços sempiternos,+ em profunda escuridão, para o julgamento do grande dia.+

COM

Gênesis 6:2-4
2 então os filhos* do [verdadeiro] Deus+ começaram a notar+ as filhas dos homens, que elas eram bem-parecidas; e foram tomar para si esposas, a saber, todas as que escolheram. 3 Depois disso, Jeová disse: “Meu espírito+ não há de agir por tempo indefinido+ para com o homem, porquanto ele* é carne.+ Concordemente, seus dias hão de somar cento e vinte anos.”+
4 Naqueles dias veio a haver os nefilins* na terra, e também depois, quando os filhos do [verdadeiro] Deus continuaram a ter relações com as filhas dos homens e elas lhes deram filhos; eles eram os poderosos* da antiguidade, os homens de fama.*

Mostra que esses espíritos eram filhos angélicos de Deus que se materializaram e se casaram nos dias de Noé.

Em 1 Pedro 3:19, 20 a palavra grega para “espíritos” é pneú·ma·sin, ao passo que a palavra traduzida por “almas” é psy·khaí.

Os “espíritos” não eram almas desencarnadas, mas eram anjos desobedientes;

As “almas” mencionadas aqui eram pessoas viventes, humanos, a saber, Noé e sua família.

E a pregação não poderia beneficiar humanos fisicamente mortos, porque, conforme Eclesiastes 9:5 diz:

Eclesiastes 9:5
5 Pois os viventes estão cônscios de que morrerão;*+ os mortos, porém, não estão cônscios de absolutamente nada,*+ nem têm mais salário, porque a recordação deles foi esquecida.+

Eles “não estão cônscios de absolutamente nada”

Quarta, 02 de Outubro de 2013 14:35 
arcolinofsneto respondeu:

Termos esse texto como única fonte sem se da conta de seu contexto não me parece uma interpretação válida visto que o livro de Eclesiaste trata de ensinamentos de sabedoria e exortação em geral sobre essa brevidade da vida com seus fenômenos existenciais e sucedendo invariavelmente o mesmo com todos que é a morte natural onde se acaba definitivamente os seus projetos e sonhos nesse sentido fica claro que os vivos sabem que vão morrer,mas os mortos não sabem coisa nenhuma,nem tão pouco eles têm jamais recompensa,mas a sua memória ficou entregue ao esquecimento.Até seu amor,seu ódio,e a sua inveja já pereceram,e já não têm parte alguma nesse século,em coisa alguma do que se faz debaixo do sol.Vemos essa preocupação nos cuidados dessa vida de como devemos andarmos prudentemente e não uma doutrina aniquilacionista nesse texto,fala categoricamente da vida aqui na terra e quando se acaba esse trama da vida definitivamente acabou,de forma que devemos andarmos prudentemente para aproveitarmos o nosso curto tempo e não nos perdermos em desvarios desse mundo,principalmente desde de o início do livro o escritor já proclama a vaidade dessa vida terrestre,sucedendo igualmente a todos em todo esse escrito de Eclesiaste não vejo sendo formulado uma doutrina aniquilacionista com esse dito mas vejo inspirado uma doutrina do devaneio das coisas desse mundo como coisas de que ninguém deveria se apegar como se fosse a essência para sua existência visto serem vaidade portanto temporais de tal forma que deveríamos buscarmos sermos sábios buscarmos sabedoria que é mais importante do que armas de guerra;Tudo quanto estiver em nossa mão para fazer,faze-o com forme a nossa força,porque na sepultura para onde vai nem ciência,nem sabedoria alguma ,não há obra,nem indústria,nem ciência,nem sabedoria alguma de forma que é uma chamada a atenção de nossa brevidade existencial aqui na terra e o dever de sermos diligentes e não o desespero aniquilacionista de forma que temos que aproveitarmos o nosso curto tempo com toda prudencia e toda diligencia,nisso tudo não vejo nenhuma doutrina que possa fundamentar-se como aniquilacionista após a morte do corpo físico senão exortação sobre as vaidades e a brevidade dessa vida e o corpo volta para o pó de que foi tomado e o espírito volta para Deus quem o deu.
Sexta, 18 de Outubro de 2013 18:53 


tompsonvieira

Nível 5





Arcolinofsneto,




Olá, Arcolino. Lembre-se que Quando o primeiro homem, Adão, deliberadamente desobedeceu ao mandamento de Deus, Este lhe disse:

“No suor do teu rosto comerás pão, até que voltes ao solo, pois dele foste tomado. Porque tu és pó e ao pó voltarás.” (Gênesis 3:19)

Onde estava Adão antes de Jeová o criar do pó?

Ora, em parte alguma!

Simplesmente não existia.

Portanto, quando Jeová Deus disse que Adão ‘voltaria ao solo’, queria dizer que Adão morreria e voltaria aos elementos no solo.

Adão não passaria para o domínio espiritual. Na morte, Adão de novo deixaria de existir. Sua punição era a morte — a ausência de vida — não a transferência para outro domínio. Romanos 6:23.

Que dizer de outros que morreram?

A condição dos mortos é esclarecida em Eclesiastes 9:5, 10, onde lemos:

“Os mortos não sabem coisa nenhuma . . . Na sepultura . . . não há obra, nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.” (Almeida, Edição Contemporânea)

Portanto, a morte é uma condição de não-existência.

E se tivéssemos uma alma imortal não haveria a necessidade de uma ressurreição.

Pois os bons já estariam no céu e os maus no inferno de tormento!

Lembre-se que em parte alguma da Bíblia diz que nós temos uma alma imortal.

Mas a palavra de Deus nos diz que a alma é mortal.

Por exemplo:

Mateus 10:28 declara que Deus “pode destruir na Geena tanto a alma [psy·khén] como o corpo”.

Há dezenas de textos, tanto nas Escrituras Hebraicas como nas Gregas, que falam de né·fesh ou de psy·khé (alma) como mortal e sujeita à morte

Ao examinarmos como as palavras “alma” ou “almas” são usadas na Bíblia, fica evidente que basicamente se referem a (1) pessoas, (2) animais ou (3) a vida de uma pessoa ou animal.

Vejamos alguns textos em que esses três diferentes sentidos ocorrem.

Pessoas.

“Nos dias de Noé . . . poucas pessoas, isto é, oito almas, foram levadas a salvo através da água.” (1 Pedro 3:20)

Aqui a palavra “almas” claramente se refere a pessoas — Noé e sua esposa, seus três filhos e suas esposas.

Êxodo 16:16 menciona as instruções dadas aos israelitas a respeito do recolhimento do maná.

Foi-lhes dito: “Colhei . . . segundo o número de almas que cada um de vós tem na sua tenda.”

Portanto, a quantidade de maná que se recolhia baseava-se no número de pessoas em cada família.

Outros exemplos bíblicos da aplicação de “alma” ou “almas” a uma pessoa ou a pessoas encontram-se em Gênesis 46:18; Josué 11:11; Atos 27:37 e Romanos 13:1.

Animais.

No relato bíblico da criação, lemos:

“Deus prosseguiu, dizendo:

‘Produzam as águas um enxame de almas viventes e voem criaturas voadoras sobre a terra, na face da expansão dos céus.’

E Deus prosseguiu, dizendo:

‘Produza a terra almas viventes segundo as suas espécies, animal doméstico, e animal movente, e animal selvático da terra, segundo a sua espécie.’ E assim se deu.” (Gênesis 1:20, 24)

Nesse texto, peixes, animais domésticos e selvagens são todos englobados na mesma palavra — “almas”.

As aves e outros animais são chamados de almas em Gênesis 9:10; Levítico 11:46 e Números 31:28.

Vida como pessoa.

Às vezes, a palavra “alma” significa a vida que se usufrui como pessoa.

Jeová disse a Moisés:

“Todos os homens que estavam à caça da tua alma estão mortos.” (Êxodo 4:19)

O que os inimigos de Moisés caçavam?

Eles procuravam tirar a vida de Moisés.

Bem antes disso, quando Raquel estava dando à luz seu filho Benjamim, “a sua alma partia (porque estava morrendo)”. (Gênesis 35:16-19)

Naquela ocasião, Raquel perdeu a vida.

Considere também as palavras de Jesus:

“Eu sou o pastor excelente; o pastor excelente entrega a sua alma em benefício das ovelhas.” (João 10:11)

Jesus deu a sua alma, ou vida, em favor da humanidade.

Nesses textos bíblicos, a palavra “alma” claramente se refere à vida como pessoa.

Você encontrará mais exemplos desse sentido da palavra “alma” em 1 Reis 17:17-23; Mateus 10:39; João 15:13 e Atos 20:10.

Por meio de um estudo mais detalhado da Palavra de Deus, você verá que em nenhum lugar na Bíblia inteira os termos “imortal” ou “eterno” têm relação com a palavra “alma”.

Em vez disso, as Escrituras dizem que a alma é mortal, o que significa que ela morre. (Ezequiel 18:4, 20)

De modo que, na Bíblia, a pessoa que morre é chamada simplesmente de “alma morta”. Levítico 21:11.

A Bíblia diz:

“Vem a hora em que todos os que estão nos túmulos memoriais ouvirão a sua voz [a de Jesus] e sairão.” ( João 5:28, 29)

Deveras, Jesus Cristo prometeu que todos os na memória de Jeová serão ressuscitados ou trazidos de volta à vida.

Entre estes estarão os que seguiram um proceder justo como servos de Jeová.

No entanto, milhões de outros faleceram sem indicar se acatariam as normas justas de Deus.

Ou eles não sabiam nada sobre os requisitos de Jeová ou não tiveram tempo suficiente para fazer as mudanças necessárias.

Os deste tipo também estão na memória de Deus e serão ressuscitados, pois a Bíblia diz:

“Há de haver uma ressurreição tanto de justos como de injustos.” Atos 24:15.

Atualmente, a Terra está cheia de ódio, luta, violência, derramamento de sangue, poluição e doenças.

Se os mortos retornassem à vida numa Terra assim, sua resultante felicidade seria de curta duração.

Mas o Criador prometeu que em breve acabará com a atual sociedade mundial, que é controlada por Satanás, o Diabo. (Provérbios 2:21, 22; Daniel 2:44; 1 João 5:19)

Uma sociedade humana justa — “uma nova terra” — será então uma maravilhosa realidade. — 2 Pedro 3:13.

Naquele tempo, “nenhum residente dirá: ‘Estou doente’”. (Isaías 33:24)

Até mesmo a angústia da morte desaparecerá, porque Deus “enxugará dos seus olhos toda lágrima, e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem clamor, nem dor. As coisas anteriores já passaram”. (Revelação 21:4)

Que perspectiva isso é para os que estiverem “nos túmulos memoriais”!

Quando Jeová eliminar da Terra a iniquidade, ele não destruirá os justos junto com os iníquos. (Salmo 37:10, 11; 145:20)

Na realidade, “uma grande multidão” de pessoas “de todas as nações, e tribos, e povos, e línguas” sobreviverá à “grande tribulação”, que destruirá o atual mundo iníquo. (Revelação 7:9-14)

Por isso, haverá uma grande multidão presente para acolher os ressuscitados.


Sábado, 19 de Outubro de 2013 08:43 
arcolinofsneto respondeu:

Meu caro tompsomvieira reconheço a imortalidade um atributo que somente pertence a DEUS que trazem seu movimento de inefabilidade,plena felicidade,plena saciabilidade em si mesmo,mas as criaturas humanas fora privilegiada de serem feitas a imagem e semelhança de DEUS enquanto tendo alma como dom de perpetua existência enquanto ao corpo que foi tomado do pó foi ordenado de fato que ao pó voltará,mais a alma subsistirá perpetuamente,porém termos existência perpetua não significa imortalidade,que é a fonte da vida eterna que somente DEUS tem mais que quer nos conceder desse Espírito vital que reafirmo como nossa propriedade essencial para as nossas almas,isso faz parte da fé nos escritos bíblico;Temos um exemplo de termos uma alma que subsiste com a morte desse corpo,na parábola dum agricultor que teve grande safra,na sua lavoura e arrazoando consigo disse coma e beba por muitos dias porque grande é essa fartura,e veio a voz Divina dizendo-lhe louco hoje mesmo morrerá e para quem preparaste a sua alma?Luc.12:19,20,se você buscar entender que perpetuação da alma não corresponde necessariamente com imortalidade,que é atributo de DEUS,a falta do Espírito de DEUS como penhor ou selo é tido por morto ainda em vida natural,a ideia aniquilacionista da as criaturas humanas a última palavra de sua existência,destituindo a soberania que DEUS tem sobre toda suas criaturas,não acha apoio nas escrituras,tal interpretação aniquilacionista,se eu tenho a última palavra de minha existência poderia arrazoar dizendo:vou comer e beber e fazer toda as minhas vontades e depois morrerei como todos os mortais e serei aniquilado para um nada de onde nunca deveriam terem me trazido a existência e DEUS não teria a última palavra e ainda além de ser destituído de sua soberania sobre suas criaturas ainda de Juiz seria colocado como um tipo de réu que trouxe a existência com violência sádica criaturas dotadas de inteligência mas que não buscou as suas leis e vontades,por essa razão serão aniquilada;Não,não é isso que a bíblia me diz,e as minhas experiências me dizem,de que adianta ganhar o mundo todo e perder a sua alma?mais é muito bom falarmos da finalidade de nossa existência que é termos comunhão com DEUS pelo seu Espírito Santo,que é infinitamente maior e melhor do que o céu ou o paraíso na terra transformada;Rom.8:38,39 Porque estou certo de que,nem a morte,nem a vida,nem os anjos,nem os principados,nem as potestades,nem o presente,nem o porvir,nem a altura,nem a profundidade,nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de DEUS,que está em Cristo Jesus nosso Senhor.Esse amor é o Espírito Santo derramado em nossos corações,quem tiver o Espírito Santo não se preocupa com mais nada porque Ele mesmo é a nossa propriedade essencial é a nossa realização plena,é o nosso fim existencial,creio nisso de todo meu coração e duvido muito de que exista algo maior ou melhor para a existência humana do que o Espírito do seu Criador em diálogo íntimo no coração,você já tem o selo do Espírito de DEUS?É isso é que mais importa para mim e para ti,da minha parte eu já;se ainda não tem busca tê-lo pela mediação de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo fica em paz!
Domingo, 20 de Outubro de 2013 01:56 


Conteúdo liberado apenas para usuários cadastrados no site

  Faça Login   ou   Cadastre-se Grátis  









Gospel 10 na Internet
Crie um tópico no Fórum

Newsletter
Receba as novidades do Gospel 10 periodicamente, diretamente em seu e-mail.

E-mail:


Atenção: Os conteúdos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
A maioria são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site

Gospel10.com › Portal Evangélico Ajuda |  Política de privacidade |  Termos de uso |  Quem somos |  Fale conosco
 Gospel 10 › 2008-2014. v4. Todos os direitos reservados