Cadastre-se Grátis  |  Esqueci a senha
login:   senha:  

Testemunhando as Obras de Deus

Segunda, 03 de Julho  |  73 visualizações
Categoria: Vida Cristã  |  Enviado por: winston
Compartilhe esse link:
Atenção: Os artigos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
Os artigos são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site
A visão da igrejinha de pedra encarapitada no topo de um elevado monte naquela região, parecia cena de cartão postal. A construção se destacava da branca paisagem circundante e chamava a atenção de todos que por ali passavam pelo inusitado da forma e pela ousadia da implantação em local tão escarpado. Naquele dia de inverno muito frio, sob o céu de um azul profundo, com o sol poente reluzindo na neve que a tudo cobria, um turista conversava com um morador local, e perguntava curioso: “Ontem estive visitando aquela igrejinha, e fiquei espantado que lá não exista luz elétrica! Qual a razão?” Ao que o morador explicou: “O pequeno templo foi um presente oferecido para a comunidade por um rico cidadão local, com uma condição: que em hipótese alguma fosse ali instalada a luz elétrica. Sabe por quê? E antes que o turista respondesse, o homem apontou para o caminho que serpenteava montanha acima, dizendo: “Observe.” E no lusco-fusco do final do dia podiam ser vistos minúsculos pontos de luz levados pelas pessoas que, vindo de várias direções, se encontravam, somavam-se e fundiam-se naquele caminho serpeante, entravam no templo que há pouco jazia na escuridão e que gradativamente se enchia de luz, para então extravasar do interior e brilhar feérico naquele alto! Bela obra, testemunhando a importância da contribuição individual para que muitos, aglutinando suas respectivas luzes, cooperassem para romper as trevas.

Muitas vezes obras humanas chamam nossa atenção e provocam espanto e admiração, como aquelas apresentadas no programa de TV Obras Incríveis. Mas quando é que as incomparáveis obras de Deus – das quais nenhum homem jamais poderá sonhar em realizar uma milionésima parte sequer – nos merecem momentos de reverência admirada? Talvez quando viajamos para um local turístico famoso para visitar alguma paisagem especial. Estaríamos nos esquecendo de que nosso dia-a-dia é repleto das grandes obras de Deus? O céu azul povoado pelas brancas nuvens que por ele vagueiam suavemente, o ar que respiramos, o sol que possibilita a vida, o vento que balouça a folhas das árvores, o perfume da flor, o canto dos pássaros, e uma infinidade de outros feitos que Ele realiza em nosso cotidiano e que aceitamos automaticamente como coisas “normais”, sem as valorizarmos como merecem, sem darmos muita atenção. E que dizer dos Seus grandes feitos registrados na Bíblia, sem cessar ao longo dos mais de 1.600 anos de sua redação?

Se estivermos devidamente sintonizados com as coisas de Deus, vale dizer, se tivermos a plenitude do Espírito, seremos verdadeiros proclamadores da Sua Palavra e testemunhas permanentes da Sua obra em nossas próprias vidas. Precisamos falar não somente de milagres extraordinários, mas coisas do cotidiano que Deus produz em nosso favor. No Salmo 66.5 o salmista louva: “Vinde e vede as obras de Deus: tremendos feitos para com os filhos dos homens!”

O crente precisa conhecer história: menos a humana e mais a divina, com as promessas cumpridas, com os milagres operados, com os resgates efetuados. Mas o foco principal do nosso interesse deve estar no Deus encarnado, Jesus Cristo, cujas obras e ensinamentos são os mais preciosos, pois cada um de Seus grandes feitos é um marco revelador do Seu poder, do Seu amor, da Sua graça. Davi no Salmo 145.4-6 louva ao Senhor por Sua bondade, grandeza e providência: “Uma geração louvará a outra geração as tuas obras e anunciará os teus poderosos feitos. Meditarei no glorioso esplendor da tua majestade e nas tuas maravilhas. Falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos, e contarei a tua grandeza.”

Devemos reconhecer e nos alegrar com os grandes feitos de Deus em nossas vidas – sejam os cotidianos ou não – pois Ele é Deus de amor, de bondade, de benignidade, de tolerância, de perdão, de longanimidade, em quem confiamos. A escravidão do pecado nos leva às trevas, ao exílio, e quando o amor de Deus está sobre nós e nos mostra que fomos redimidos, nosso contentamento deve ser imenso, tal como o salmista declara no Salmo 126.3: “Com efeito, grandes coisas fez o Senhor por nós; por isso, estamos alegres.” Contemos e cantemos as bênçãos que Deus tem derramado sobre nós, e agradecidos sempre testemunhemos delas, pois Ele disto se agrada. E lembremos, sempre que hesitarmos em proclamar agradecidos os grandes feitos de Deus em nossas vidas: nosso testemunho pode representar a porta de entrada para a salvação de alguém!

Deus de poder infinito, que possamos – todos os dias de nossas vidas – reconhecer, valorizar e agradecer por Tuas obras maravilhosas. Dá-nos ousadia, determinação e confiança para testemunhar delas sempre, com a consciência de nossa responsabilidade por partilhar de Tuas bênçãos. Em nome de Cristo Jesus. Amém.


Este artigo foi enviado por winston, fonte: www.decoracaoacoracao.com.br




Comentários para "Testemunhando as Obras de Deus"




 Enviado por:

winston
WINSTON RAMALHO
Nível 5
Cadastrado desde:
Sábado, 29 de Outubro de 2016
Localização:
Curitiba, Paraná - Brasil




Gospel 10 na Internet


Envie Seu Artigo
Newsletter
Receba as novidades do Gospel 10 periodicamente, diretamente em seu e-mail.

E-mail:




Atenção: Os conteúdos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
A maioria são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site

Gospel10.com › Portal Evangélico Ajuda |  Política de privacidade |  Termos de uso |  Quem somos |  Fale conosco
 Gospel 10 › 2008-2017. v4. Todos os direitos reservados