Cadastre-se Grátis  |  Esqueci a senha
login:   senha:  
Você está aqui: Gospel 10 » Artigos » Outras » Consertando o altar

Consertando o altar

Terça, 08 de Março de 2011  |  4662 visualizações
Categoria: Outras  |  Enviado por: josenilson
Compartilhe esse link:
Atenção: Os artigos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
Os artigos são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site
“Então, Elias disse ao povo: Chegai-vos a mim. E todo o povo se chegou a ele; e reparou o altar do Senhor, que estava quebrado”. 1ª Rs 18:30

Vivemos dias difíceis em que as pessoas acham que tudo é natural, é normal que não tem nada de mais, que o tempo dos fanáticos religiosos já passou... É importante observar Hb 12:01-02. Com base nessa linha de pensamento esbarramos em muitos problemas, encontramos em muitos lugares pessoas que se identificam como evangélicas, cristãs e ou crentes que vivem da maneira que julgam mais convenientes e muitas sem se quer buscar embasamento bíblico, ou seja, o seu entendimento particularizado é o seu guia. Já ouvi pessoas que mesmo diante de assertivas bíblicas discordam e afirmam que esse tempo ou a referida passagem bíblica está ultrapassada e que não se aplica aos dias de hoje; em outras palavras o que elas afirmam é que tanto o antigo quanto o novo testamento já caducaram, inviabilizando a afirmação do Senhor Jesus que diz que passariam todas as coisas mais que a Sua palavra permaneceria para sempre.

Tempos difíceis, os pais têm dificuldades de educarem seus filhos, a mídia não cristã contrapõe-se aos ensinamentos domésticos e bíblicos, os valores familiares são atacados de todos os lados, o casamento deixou de ser o sonho de muitos jovens, muitos deles estão inclinados para uma vida dissoluta, muitos professores ensinam nossos filhos a optarem por qualquer coisa que quiserem independente da orientação de seus pais, a prostituição, o homossexualismo, as drogas estão abraçando nossos jovens. De outro lado as pessoas que elegemos para defenderem os nossos direitos, os políticos , esses a cada dia aprovam mais leis que tiram-nos o direito de doutrinar as nossas ovelhas e orientar os nossos filhos. Faltam Elias, João Batistas, homens ousados, embaixadores de Cristo para litigar em favor do povo de Deus. Muitos que vão para lá com a predica pré-eleitoreira de desempenhar esse papel ao chegarem lá se vendem ou se acomodam e aí como fica o povo de Deus?

Os divórcios tem se multiplicado também dentro das igrejas, a briga pelo poder em alguns ministérios evangélicos são terríveis, as pregações interesseiras tomam os púlpitos e a palavra de Deus fica relegada não ao segundo plano, mas às vezes e em muitos lugares a plano nenhum, muitos vivem uma vida dúbia, ou seja, vivem uma predica e uma prática.

Tempos difíceis, um momento complicado e importante, precisamos reagir, o Apóstolo Paulo conclama: “Pelo que diz: Desperta, ó tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá; remindo o tempo, porquanto os dias são maus. Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor “ Ef 05: 14-17. Cada servo de Deus precisa de um despertamento, precisa sair da indolência, muitos estão acomodados e conformados com as coisas desse mundo, muitos estão curvando-se diante da regência do príncipe deste mundo. Dormindo no meio dos mortos, mas Paulo recomenda é hora de despertar, é hora de providenciar azeite para as botijas, precisamos de suprimentos para manter as lamparinas acesas. O que nos conforta e anima afinal é que diante de tanto pecado a palavra de Deus afirma que onde abundou o pecado superabundou a graça. Os religiosos, as pessoas de modo geral podem mudar, mas Deus é o mesmo e a promessa de Jesus permanece, Ele virá e as recomendações bíblicas para o arrebatamento da igreja continuam, elas não caducam, pois são promessas de um Deus imutável...

O texto epigrafado diz que Elias convocou o povo e em seguida consertou o altar. O que significa consertar o altar? O altar é o lugar de sacrifício, antigamente pelos pecados ofereciam animais, mas Jesus o Cordeiro de Deus foi oferecido de uma vez por todas como sacrifício vicário, ou seja, substituto, Ele morreu em nosso lugar, assim sendo não precisamos mais sacrificar animais, pois o sacrifício foi perfeito, contudo precisamos entender o que seria o altar no contexto espiritual. Onde está o altar para consertarmos? “Jesus disse; E se alguém quiser vir após mim, negue se a si mesmo tome a sua cruz a cada dia e siga-me”; negar-se a si mesmo tem sido o “calcanhar de Aquiles” de muitos crentes, afinal relegar as coisas que gostamos, que apreciamos é complicadíssimo, lutar contra a nossa natureza carnal é sem duvida alguma a nossa maior luta. Paulo faz um apelo importante em Rm 12: 01-02 “Rogo-vos pois irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento , pára que experimenteis qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de Deus ”. Qual é a vontade de Deus para nossas vidas? Paulo responde em I Tes 04:03 “ Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação...” .O altar de Deus é o coração do homem, é lá que sacrificamos a Deus, no coração do homem é que ocorre o arrependimento (grego = metanóia), ou seja, a mudança de coração ou comportamento, no coração do homem é decidido servir ou não a Deus, no coração do homem é que dá-se a morada do Senhor Jesus, o próprio Jesus disse em Jo 14:23 “Aquele que me ama guardará a minha palavra, meu Pai o amará e viremos para ele e faremos nele morada”. O coração do homem é o local em que o homem entroniza o rei Jesus. Por isso a recomendação em Pv 04:23 “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procede as saídas da vida”

O sacrifício vivo significa que mesmo sem a morte física, isto porque Jesus o Cordeiro de Deus já morreu, deveremos matar a nossa vontade carnal.Os profetas de Baal se dilaceraram, mas de nada adiantou não houve resposta da parte de Baal.

Consertar o altar significa ajustar as coisas com Deus, Jesus pagou o preço da nossa justificação (grego=dicaiocentes). Através do sacrifício de Jesus temos outra vez o altar arrumado e quando isso acontece, Deus assim como nos dias de Elias responde com fogo, queima as impurezas e encharca o altar com água, isso é pela palavra de Deus, conforme Ef 05:26. Consertar o altar significa refazer a aliança com Deus, começar uma nova vida (ainda que seja outra vez), consertar o altar é reencontrar o Senhor Jesus, renascer da água e do Espírito (grego=anagenesis), nascer segunda vez.

Muita gente está com o altar quebrado e não percebe o estado de miséria em que está metido, perderam a noção e a lembrança dos atos ou fatos que o levaram a quebrar o altar, por exemplo: Muitos casam, mas antes do casamento antecipam algumas ações que não deveriam e depois “simplesmente” comparecem diante do altar da igreja e casam. Contudo o altar do Senhor está quebrado, e aí? Muitos casamentos não subsistem em detrimento da legalidade que fora dada a Satanás. Sempre aconselho aos noivos a antes de comparecerem ao altar da igreja que consertem os seus altares...

Consertar o altar é ousar é fazer valer o que está em Hebreus 04:16 “Cheguemos, pois com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça. A fim de sermos ajudado em tempo oportuno”. O tempo oportuno é hoje, é agora, é já! Os que confessam e deixam alcançam misericórdia. Misericórdia é o coração de Deus em nossas misérias.

Consertar o altar é traçar novas metas, preestabelecer novos horizontes, traçar um rumo totalmente direcionado por Deus.

Consertar o altar é declarar-se a viver como nova criatura, é deixar as coisas velhas para traz e seguir em frente olhando exclusivamente para Jesus o Autor e Consumador da nossa fé.

É interessante observar que antes de consertar o altar Elias convocou o povo, então creio que reconciliar, voltar a congregar está intrinsecamente ligado ao reencontro com o Senhor Jesus.

Consertar o altar é definitivamente voltar para os braços do Pai. Se o caro leitor entendeu o que leu e se sua vida não está em conformidade com a vontade de Deus, eu recomendo-lhe:
- Conserte o seu altar!

Que da mesma forma que Deus falou ao meu coração Ele fale profundamente ao coração de cada leitor...





Comentários para "Consertando o altar"




 Enviado por:

josenilson
Pr. Josenilson Lima da Silva
Nível 7
Cadastrado desde:
Segunda, 15 de Novembro de 2010
Localização:
Pojuca, Bahia - Brasil




Gospel 10 na Internet


Envie Seu Artigo
Newsletter
Receba as novidades do Gospel 10 periodicamente, diretamente em seu e-mail.

E-mail:




Atenção: Os conteúdos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
A maioria são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site

Gospel10.com › Portal Evangélico Ajuda |  Política de privacidade |  Termos de uso |  Quem somos |  Fale conosco
 Gospel 10 › 2008-2014. v4. Todos os direitos reservados