Cadastre-se Grátis  |  Esqueci a senha
login:   senha:  

Ajustando-se ao Plano Divino

Quarta, 24 de Fevereiro de 2010  |  260 visualizações
Categoria: Doutrinárias  |  Autor: João Placoná
Compartilhe esse link:
Atenção: Os artigos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
Os artigos são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site
Todos sabemos que a igreja cristã romana era formada principalmente por judeus, mas também tinha um grande número de gentios (aquele que é estrangeiro ou não professa a religião judaica).

Paulo dirigindo-se aos seus irmãos judeus demonstrava sua preocupação com eles e explicava como podem ajustar-se ao plano divino. Paulo também explicava aos cristãos o significado de viver em completa submissão a Cristo: usando os dons espirituais para servir aos outros, amando-os verdadeiramente e sendo bons cidadãos.

Paulo estabeleceu os fundamentos da fé cristã de forma clara: todos somos pecadores. Jesus morreu para que nossos pecados fossem perdoados; a fé em Cristo nos torna justos perante Deus e proporciona uma nova vida e um novo relacionamento com Ele.

Paulo deu diretrizes práticas e claras aos cristãos de Roma. O Cristianismo não é uma teologia abstrata, desligada da vida, mas tem implicações práticas que influem em nosso comportamento cotidiano. Não basta conhecer o evangelho; devemos deixar que ele transforme nossa vida e que Deus interfira em todos os aspectos dela.

Pecado:

Pecar significa recusar-se a fazer a vontade de Deus e deixar de praticar tudo que Ele deseja que façamos. Desde a rebelião de Adão contra Deus, nossa natureza tornou-se desobediente.

O pecado nos afasta de Deus e nos leva a viver como queremos, e não como Ele quer. Como Deus é moralmente perfeito, justo e reto, Ele tem todo o direito de condenar o pecado.

Todas pessoas pecam, seja por se rebelarem contra Deus ou por ignorarem a vontade dEle.

Não importa qual seja nossa formação cultural e religiosa, nosso passado e nossas tentativas de viver uma vida correta, não podemos por nós mesmos alcançar a salvação ou remover nossos pecados. Somente Cristo pode nos salvar.

Salvação:

Nossos pecados indicam a necessidade de sermos perdoados e purificados. Embora não sejamos dignos nem merecedores, em sua bondade, Deus nos estende seu amor e perdão.

Ele nos ensina o caminho da salvação. A morte de Cristo pagou a pena por nossos pecados.

É muito bom saber que Deus nos salva do pecado. Mas, para estabelecermos um novo e maravilhoso relacionamento com Ele, devemos crer que Jesus morreu por nós e que Deus perdoou todos os nossos pecados.

Crescimento:

Pelo poder de Deus, os cristãos são santificados: tornam-se santos. Isso significa que somos separados do pecado, capacitados a obedecer e a nos tornarmos mais parecidos com Cristo.

Quando aprofundamos nosso relacionamento com Cristo, o Espírito Santo nos liberta das exigências da lei e do medo do Juízo Final.

Por ficarmos livres do poder do pecado, das exigências da lei e do medo do castigo de Deus, podemos crescer em nosso relacionamento com Cristo.

Ao confiarmos no Espírito Santo e permitirmos que Ele nos ajude, podemos subjugar o pecado e a tentação.

Soberania:

Deus observa e cuida de seu povo; fez isso no passado, faz no presente e fará no futuro. Sua maneira de tratar as pessoas é sempre justa.

Como é responsável por toda a criação, Ele também pode salvar qualquer pessoa, segundo sua vontade.

Por causa da misericórdia de Deus, tanto judeus como gentios podem ser salvos. Todos nós devemos corresponder a essa misericórdia e aceitar sua bondosa oferta de perdão.

Como Ele é soberano, devemos deixar que reine em nosso coração.
Serviço:


--
João Placoná
As palavras que eu digo não são propriamente minhas, mas do Pai que vive em Mim. E Ele faz a sua obra por meu intermédio. João 14.10



João Placoná

Igreja: Igreja Cristã da Trindade
Formação: Instituto Betel de ensino Superior - Instituto Teológico Carisma Na vida secular tenho formação Superior em Administração de empresas e Ciências Cont...
Descrição: O meu chamado para o Ministério é de Presbítero, Mestre, Pregador, Ensinador e Palestrante.

Clique aqui para ver mais artigos deste escritor


Comentários para "Ajustando-se ao Plano Divino"




 Autor:
João Placoná
O meu chamado para o Ministério é de Presbítero, Mestre, Pregador, Ensinador e Palestrante.




Gospel 10 na Internet


Envie Seu Artigo
Newsletter
Receba as novidades do Gospel 10 periodicamente, diretamente em seu e-mail.

E-mail:




Atenção: Os conteúdos postados no site não revelam, necessariamente, a opinião do Gospel 10.
A maioria são enviados pelos usuários, que podem ter opiniões teológicas diferentes dos idealizadores deste site

Gospel10.com › Portal Evangélico Ajuda |  Política de privacidade |  Termos de uso |  Quem somos |  Fale conosco
 Gospel 10 › 2008-2017. v4. Todos os direitos reservados